Aulas

Jaya Yoga Shala

19/11/2015
covers_suspenso1

Hoje trago-vos (finalmente) a minha experiência acrobática na aula de Yoga Suspenso e devo confessar que não há melhor “escape” do que terminar a semana.

No fim de tarde da sexta-feira, véspera de Halloween, pelas 19h dirigi-me ao nº 82 na Av. Conde Valbom e subi até ao último andar para a minha aula experimental de Yoga Suspenso – Avançados. À entrada conheci a Diana (professora de Pole Dance) que prontamente apresentou-me o espaço: uma das salas com o pé-direito muito alto tinham suspensos um trapézio e tecidos; a outra, adornada com cordas na parede, algo semelhante à aula de Om Works. E havia ainda uma terceira sala apetrechada com equipamento de Pilates. Em suma um espaço acolhedor, familiar e simpático com uma pequena copa e um terraço exterior.

post_jaya6

post_jaya7

Entretanto chega o Rui OC e prontamente começamos a aula. Iniciámos com corrida e exercícios de aquecimento, seguindo-se as posturas suspensas e acrobáticas e, terminando com algumas posturas-típicas de yoga no chão. Cada postura suspensa era primeiro exemplificada e explicada e, depois experimentada pelos alunos. Sendo uma aula para avançados, os exercícios foram de cariz fortemente acrobático, implicando força, coordenação motora e muita concentração. Em cada postura procurei ser precisa na execução e rigorosa nos movimentos, mas acima de tudo, precisei de uma boa dose confiança em mim mesma, pois em determinados exercícios era preciso largar as mãos e deixar cair parte o corpo, deixando a gravidade realizar a sua tarefa. A concretização das posturas transporta em nós uma sensação de superação e vitória sobre medos que nem sabia que existiam. E foi justamente este sentimento de superação que deu nome ao espaço – Jaya Yoga Shala.

post_jaya2
post_jaya1

 

Jaya de origem em sânscrito significa vitória, como estado de superação. Jaya estimula a vontade de prosseguir, ultrapassando os diferentes “medos” que se vão instalando em nós.

 

O Yoga Suspenso surge em Lisboa através das metodologias desenvolvidas pelo Rui Oliveira Costa. À sua experiência como yogi aliou à sua paixão pela acrobacia, permitindo-lhe desenvolver e aperfeiçoar a sua interpretação desta prática. Como o nome sugere, as posturas da aula são realizada num tecido preso ao tecto a pouco centímetros do chão, e contrariamente ao que acontece numa aula de Yoga comum é nas posturas invertidas que iremos encontrar alguma facilidade, embora a exigência continue lá.

post_jgirls2
post_jgirls3
post_jgirls4
post_jgirls5
post_jgirls6
post_jgirls7

Como referi inicialmente, embora tenha experimentada uma aula para alunos avançados com forte cariz acrobático, no entanto, globalmente, as aulas assentam em 4 pilares: o Hatha Yoga(aumento da força, flexibilidade, equilíbrio), o Condicionamento físico, o Restaurativo (descontrair, relaxar, descomprimir, recuperar) e o Acrobático. A prática das posições invertidas suspensas, permite um forte efeito de descompressão da coluna vertebral, elimina as tensões, permitindo que a energia vital flua livremente. Juntamente com exercícios respiratórios e de interiorização da consciência, o praticante cria as condições ideais para a prática de meditação e relaxamento finais.

Brevemente Jaya Yoga Shala irá expandir-se e irão fundar o Jaya Lab, em Janeiro de 2016 terão mais novidades.


Quem & Onde

Rui Oliveira Costa • Facebook | Email
Av. Conde de Valbom, 82 – 7 dir/esq. 1050-099 Lisboa
Melhor acesso: Metro de São Sebastião


No Comments

Leave a Reply